ENTIDADES

ABMP

www.abmp.com.br

Durante a realização do Fórum de Propaganda, em dezembro de 1997 na Praia do Forte, foi sugerida a criação de uma entidade que reunisse todos os segmentos do mercado, em torno de um objetivo comum. Naquele encontro ficou claro que interesses divergentes não seriam o melhor caminho para se planejar o futuro de nossa atividade. Assim nasceu a ABMP, reunindo agências de propaganda, veículos e fornecedores, com o único objetivo: Promover ações voltadas para promover o crescimento do mercado local. Uma comissão provisória foi formada para redigir o estatuto e legalizar a entidade, através de registro no 2º Cartório de Títulos e Documentos da Cidade de Salvador, sob o nº 03.030.754/0001-82 de PessoasJurídicas.

Durante o ano de 1998 e 1999, a ABMP traçou um plano de trabalho e efetivamente definiu o seu campo de atuação. Inicialmente, foram convidados para compor a diretoria, representantes do mercado local e representantes de outras entidades do mercado publicitário, como ABAP-BA e SINAPRO – Sindicato das Agências de Propaganda.
Com o objetivo de ampliar sua atuação, em 2004 a ABMP deu inicio a sua expansão regional e, em 16 de julho, fundou o capitulo Sul em Itabuna. Em 2005, foram fundados os Capítulos Feira de Santana e Oeste em Barreiras. Neste mesmo ano, foi assinado um acordo de parceria com o CENP. E em 2006, foi fundado o Capítulo Sudoeste em Vitória da Conquista. Hoje a ABMP possui um total de 76 associados.
Também em 2006 foi lançado o prêmio ABMP, evento realizado anualmente, no Dia Mundial da Propaganda (04 de dezembro) e que tem por objetivo destacar o trabalho de profissionais que atuam nos departamentos de marketing de anunciantes, dirigentes de veículos de comunicação, agências de propaganda da capital e interior, e fornecedores de serviços de comunicação.

Objetivos

A ABMP é uma entidade associativa sem fins lucrativos, empenhada em promover o desenvolvimento do mercado publicitário e tem os seguintes objetivos:
1- Aplicar, difundir, estudar e aprimorar os princípios e métodos de informação, voltados para a formação e o aperfeiçoamento de profissionais de publicidade, desenvolvendo e profissionalizando esse mercado;
2- Criar mecanismos para mensurar e disponibilizar informações sobre o mercado baiano;
3- Congregar os segmentos que compõem o mercado – Agências, Veículos, Fornecedores e Entidades;
4- Atuar junto aos poderes públicos, Associações e Federações em questões de interesse do mercado;
5- Promover o desenvolvimento do mercado anunciante.

 

IEL

www.fieb.org.br/iel

O Instituto Euvaldo Lodi – IEL/BA é uma associação de direito privado, sem fins lucrativos, vinculada à Federação das Indústrias do Estado da Bahia – FIEB.

Foi criado em 1969, tendo como diretriz a promoção da interação entre o sistema educacional e as empresas locais, estimulando a inovação tecnológica e contribuindo para o desenvolvimento econômico e social do Estado.

Em mais de 40 anos de atuação do IEL na Bahia, destaca-se o Estágio que tem promovido a inserção de mais de 180 mil estudantes do ensino superior, da educação profissional e do ensino médio em Estágios curriculares, contribuindo para a formação de profissionais qualificados capazes de transformar a realidade das organizações.

Fórum de Estágio da Bahia

O Fórum de Estágio da Bahia é uma instância consultiva composta por instituições de ensino, organizações, agentes de integração e estudantes. Busca contribuir para o desenvolvimento de uma cultura voltada para o fomento de Programas de Estágio que possibilitem a capacitação profissional de estudantes, constituindo-se assim um espaço de experiência e vivência nas organizações através de palestras, seminários e workshops.

Criado em 16 de junho de 1999, o Fórum de Estágio da Bahia, nos 14 anos de atuação, está continuamente debatendo e propondo melhorias para a legislação de Estágio.

Com a publicação da Lei nº 11.788, no dia 26 de setembro de 2008, o Fórum realizou debates sobre a nova Lei de Estágio, em Salvador e também, nas cidades de Vitória da Conquista, Ilhéus, e Feira de Santana. Todos esses eventos contaram com a presença de representantes locais da Superintendência Regional do Trabalho e contribuíram para uma adequação mais rápida às novas demandas da Lei.

Dentre os eventos foram realizadas as onze versões do Workshop de Estágio, de 1999 à 2010, sendo que em 2010 ocorreu também em Itabuna, o III Encontro Nacional de Estágio, em 2000, as oito versões do Prêmio Melhores Práticas de Estágio, lançado em 2004, e as Feiras de Estágio realizadas em duas edições em Vitória da Conquista e uma em Brumado. Esses eventos promoveram a reunião de mais de 5.000 pessoas, todas atuantes na área de Estágio.

 Outra importante ação do Fórum de Estágio da Bahia, foi a criação do Dia do Estagiário, comemorado em 18 de agosto, desde 2004.

 

SINAPRO-BAHIA

www.sinaprobahia.com.br

O Sinapro-Bahia originou-se da Associação dos Profissionais de Agências de Propaganda (Apap), fundada em 04/09/84 e tendo como presidente Fernando Carvalho. Foi constituído como Sindicato em 16 de outubro de 1987, quando o presidente era Fernando Passos. Segundo Passos, o Sinapro-Bahia foi criado num momento em que se tornava necessária a existência de uma entidade legal para responder organizadamente às exigências trabalhistas, quando os publicitários se organizavam para exigir os dissídios coletivos e outros direitos da classe.

Historicamente os sindicatos surgiram onde as Associações (Abaps) não eram tão organizadas ou havia conflito com a Abap local, mas na Bahia o Sindicato foi criado em perfeita harmonia e sinergia com a Abap, sendo uma entidade complementar às funções da Associação.

O Sindicato das Agências de Propaganda do Estado da Bahia (Sinapro-Bahia) é constituído para fins de representação legal da categoria econômica das agências de propaganda na base territorial do Estado da Bahia, promovendo a defesa e o desenvolvimento da classe.

Originado a partir da Associação dos Profissionais de Agências de Propaganda (APAP), o Sinapro-Bahia foi fundado em 04 de setembro de 1984, tendo como presidente Fernando Carvalho. Em 16 de outubro de 1987, sob a presidência de Fernando Passos, passou a ser constituído como Sindicato.

O Sinapro-Bahia possui 51 agências filiadas no estado da Bahia, dentre as quais encontram-se as maiores e mais bem estruturadas agências no estado. É filiado à Federação Nacional das Agências de Propaganda (Fenapro), órgão representativo da classe patronal publicitária em nível nacional.

Objetivos

O principal objetivo do Sinapro-Bahia é representar, perante as autoridades administrativas e judiciais, os interesses de sua categoria econômica e os interesses individuais de suas associadas. Legalmente, cabe ainda ao sindicato celebrar contratos coletivos de trabalho, eleger ou designar representantes da respectiva categoria e colaborar com o Estado, como órgão técnico-consultivo, no estudo e solução dos problemas que se relacionam com a sua categoria econômica.

Mas, além dos aspectos legais, o Sinapro-Bahia é o ponto de convergência das agências, na medida em que se torna uma entidade reguladora em busca do crescimento técnico e ético do mercado. De um total de 150 agências registradas na Junta Comercial do Estado da Bahia, apenas 40 estão sindicalizadas, porque muitas não possuem sequer estrutura para se filiar à entidade. O Sinapro-Bahia exige uma série de requisitos legais e técnicos, como forma de preservar na entidade apenas as agências profissionalmente capazes de agregar valor ao mercado.